04 Apr
04Apr

*Notícia publicada primeiro no Click Petróleo e Gás.

A startup de educação voltada à tecnologia StartSe lançou na última sexta-feira, dia 25 de março, um curso gratuito de formação para programadores. Com duração de 12 semanas, o programa da StartSe acontecerá de forma 100% online, composto por 100 horas de aulas gravadas, mentorias ao vivo e emissão de certificado de conclusão. O curso gratuito visa ensinar os alunos a programar em linguagens como HTLM, CSS, SqL e Java Script.

Com foco em educação e tecnologia, a empresa StartSe lança curso gratuito e EaD para formação de programadores, além de criar banco de talentos para os alunos

A startup de educação voltada à tecnologia StartSe lançou na última sexta-feira, dia 25 de março, um curso gratuito de formação para programadores. Com duração de 12 semanas, o programa da StartSe acontecerá de forma 100% online, composto por 100 horas de aulas gravadas, mentorias ao vivo e emissão de certificado de conclusão. O curso gratuito visa ensinar os alunos a programar em linguagens como HTLM, CSS, SqL e Java Script.


Detalhes do projeto da StartSe

Levando em conta que o foco do curso gratuito e online é formar jovens adultos entre 18 e 35 anos nessa área, para se candidatar não é preciso conhecimento prévio de tecnologia. Para participar, os candidatos deverão apenas ser aprovados no processo seletivo, o qual terá um teste de nivelamento para separar os alunos de forma justa.

Esta iniciativa da StartSe está dentro de um novo projeto maior da empresa: o TechAcademy. Por sua vez, este programa se refere a uma escola que tem objetivo de formar 500 mil desenvolvedores e programadores dentro dos próximos três anos (até 2025), de maneira completamente gratuita.

Junior Borneli, CEO da StartSe, afirma: “Se não acelerarmos a formação de pessoas na área de tecnologia, o Brasil corre o risco de um verdadeiro apagão de sua transformação digital”.

De acordo com dados concedidos pela Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro), que foram divulgados por Luciana Lima no site Exame, existem 100 mil cargos de trabalho disponíveis no setor. Logo, não faltam vagas de emprego para profissionais da área da tecnologia – setor extremamente promissor e com várias iniciativas –, e sim pessoas qualificadas para ocupá-las.

E é pensando exatamente nisso que, além de proporcionar a capacitação dos alunos pelo curso gratuito, a StartSe também irá desenvolver um banco de talentos, direcionado aos concluintes de seu curso. Assim, outras empresas que são clientes da startup poderão consultar o banco de talentos e contratar os alunos recém formados.

Vagas e inscrições do curso gratuito

As vagas para a primeira turma do curso gratuito são ilimitadas. O número de alunos nesse curso da StartSe será estabelecido conforme a quantidade de candidatos inscritos e aprovados após o processo de seleção.

As inscrições para este curso gratuito e online abriram no dia 25 e ficarão disponíveis até 10 de abril. Para se candidatar, basta clicar aqui e realizar sua inscrição.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.